Editora Games: Diretor de Diablo3 deixa a Blizzard após uma década de trabalho

Diretor de Diablo3 deixa a Blizzard após uma década de trabalho

https://editoragames.blogspot.com.br/2016/06/diretor-de-diablo3-deixa-blizzard-apos.html#more












Após uma década na Blizzard, Jay Wilson anunciou em sua conta pessoal no Twitter que está deixando a empresa (e a indústria dos games em geral) para perseguir novos caminhos profissional. Em seu currículo o profissional tem a participação na criação de títulos da série Warhammer e a direção de Diablo 3, aquele que provavelmente é seu trabalho mais polêmico.

“Estou saindo para perseguir minha paixão original, que é escrever”, afirmou Wilson. “É o que eu estava fazendo quando entrei para esse trabalho, e eu sempre quis retornar a isso”, justificou. Durante sua estada na Blizzard, ele ficou conhecido pelas decisões controversas (como a casa de leilões de Diablo 3) e por chamar David Brevik, designer do Diablo original, de “perdedor”.


 O diretor encerrou seu envolvimento com o game em 2013, afirmando que, apesar de suas diferenças, ele sentiria falta da comunidade de fãs. “Eu sinto que cometi muitos erros gerenciando esse relacionamento, mas minha intenção sempre foi oferecer uma grande experiência de jogo e ser o mais aberto e receptivo possível, ao mesmo tempo em que mantinha a visão real que o time tinha para o jogo”, escreveu ele em uma despedida publicada nos fóruns da Battle.net.

Após sair dos holofotes, Wilson participou do processo de desenvolvimento de Warlords of Draenor, uma das expansões mais recentes de World of WarCraft. Antes de se unir à Blizzard, o diretor (e agora escritor) fazia parte da Relic Entertainment onde criou Warhammer 40.000: Dawn of War e o primeiro Company of Heroes.

Fonte: Tecmundo / Polygon/Aliegra Frank / Jay Wilson/Twitter

Nenhum comentário:

Postar um comentário