Editora Games: Sony concorda em indenizar usuários impedidos de rodar Linux no PS3

Sony concorda em indenizar usuários impedidos de rodar Linux no PS3

http://editoragames.blogspot.com.br/2016/06/sony-concorda-em-indenizar-usuarios.html












No passado, muitas pessoas adquiriram um PlayStation 3 visando instalar o Linux nele. Porém, em 2010, a Sony bloqueou o suporte a essa opção, fazendo muitos compradores ficarem insatisfeitos e darem início a processos contra a empresa. Seis anos depois, temos um parecer: a Sony concordou em indenizar aqueles que se sentiram lesados.

Segundo informações divulgadas pelo site Ars Technica, os termos ainda não foram aprovados (isso deve acontecer no próximo mês), mas a fabricante dos consoles da família PlayStation concordou em pagar US$ 55 aos que, em algum momento, utilizaram Linux em seus consoles. Caso a pessoa tenha comprado o console com base na informação de que ele rodaria outro sistema operacional, é possível obter US$ 9 a mais.

Para receber o montante (que, aliás, só será pago para aqueles que moram nos Estados Unidos e compraram o modelo "fat" do PlayStation 3), é preciso comprovar a compra do video game e a instalação do sistema operacional, bem como enviar a identificação de acesso na PlayStation Network e provas de uso da funcionalidade “Other OS”. Já a grana adicional será paga aos que puderem atestar que perderam o interesse ou foram lesados após a atualização 3.21 (lançada em abril de 2010).

Somado a isso, os advogados que trouxeram à tona essa ação contra a Sony podem receber até US$ 2,25 milhões por seus serviços.


"A fabricante dos consoles da família PlayStation concordou em pagar US$ 55 aos que, em algum momento, utilizaram Linux em seus consoles"

Após o lançamento da atualização 3.21, usuários não puderam mais rodar o Linux no PlayStation 3


 


Com a palavra, a Sony

Durante o processo, a Sony se defendeu da acusação afirmando que decidiu remover o suporte ao sistema operacional do pinguim pelo fato de que tal saída poderia ser usada por pessoas com más intenções para copiar ou roubar jogos e outros conteúdos.

Além disso, a empresa mencionou que a atualização foi algo voluntário, e aqui encontramos o problema: caso o console não fosse atualizado, o usuário não poderia curtir nenhum game online ou mesmo rodar Blu-rays que exigissem os novos arquivos ou baixar atualizações futuras.

Fonte: Tecmundo / ARS Technica/David Kravets

Imagens: YAC

Nenhum comentário:

Postar um comentário